Glenarte
      
     55 11  4192.3812/2824
 
 
Gilberto Salvador

Gilberto Salvador é um artista que, em suas exposições, sempre surpreende o público. Talvez ele próprio se surpreenda, pois, embora afirme não haver em sua obra grandes mudanças, mas desdobramentos, revela a cada novo trabalho uma corajosa autonomia discursiva. Assim que, para quem esperava apreciar nesta grande mostra seus quadros ou gravuras, a surpresa fica por conta da presença unicamente de esculturas. Opção essa que não constitui o marco de uma nova etapa, mas a retomada de um caminho há muito transitado.
Com uma brilhante carreira onde a experimentação sempre teve seu espaço garantido, Salvador não se apega às respostas encontradas nem às soluções dominadas. Ao contrário, está sempre pronto a questionar seu próprio caminho e a se redescobrir. Percorre as diferentes possibilidades do contexto artístico de cada momento, considerando os aspectos interessantes de cada um, mas mantendo-se fiel a uma unidade pessoal de trabalho.
Maria Amélia Bulhões - Excerto

 
Gilberto Salvador - GAGS-080X160-DArt
Gilberto Salvador - GAGS-048X120X9-DArt
Gilberto Salvador - GAGS007-090X070
Gilberto Salvador - GAGS006-160X51X45
Gilberto Salvador - GAGS005-080X120-Indisponível
Gilberto Salvador - GAGS003-100X130
 

Curriculum

Gilberto Orcioli Salvador (São Paulo SP 1946). Pintor, desenhista, gravador, arquiteto, professor. Forma-se em arquitetura em 1969 pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAU/USP, onde mais tarde atua como professor. Paralelamente aos estudos universitários, dedica-se à pintura e ao desenho. Expõe individualmente, pela primeira vez em 1965, na Galeria de Arte do Teatro de Arena em São Paulo. É premiado com a medalha de ouro no Salão de Arte Contemporânea, Campinas, em 1967, e, nas edições de 1969 e 1970, com o prêmio aquisição. Participa de várias edições da Bienal Internacional de São Paulo, e entre suas principais mostras individuais destacam-se duas exposições no Masp, em 1985 e 1995. Em 1999, a escultura Vôo de Xangô é instalada na Estação Jardim São Paulo da Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô. Sua obra se caracteriza pela oposição entre gestual e o traço rígido, entre as formas orgânicas e inorgânicas, entre o movimento e o estático. Nelas, as formas vivas, homens, flores e animais dialogam com figuras geométricas. O crítico de arte Jacob Klintowitz publica dois livros sobre o trabalho do artista, História Natural do Homem Segundo Gilberto Salvador, de 1985, e Gilberto Salvador O Reino Interior, de 2001.

 
 
Av. dos Pinheiros, 820 - Loja 11
Aldeia da Serra - Barueri - CEP 06429-345.
55 11 4192.3812/2824